Canais de Apoio e Informações Adicionais

O espetáculo "O Despertar" aborda de temas sensíveis e traz informações relevantes e atualizadas sobre questões sociais através de projeções apresentadas durante a peça.


Prezando facilitar o acesso às informações disponibilizadas e prezando pelo seu compromisso social, o Grupo Teatral Porão traz, abaixo, dividido por tema, os canais de atendimento citados durante o espetáculo.



NÃO HESITE: VOCÊ NÃO ESTÁ SÓ!

 

Violência Contra a Mulher

Casos de violência contra a mulher possuem uma central especial de atendimento, que visa receber denúncias de violência, reclamações sobre os serviços da rede de atendimento à mulher e de orientar as mulheres sobre seus direitos e sobre a legislação vigente.
 

DISQUE 180
VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHA, NUNCA!

 

Ligue 180 tem por objetivo receber denúncias de violência, reclamações sobre os serviços da rede de atendimento à mulher e de orientar as mulheres sobre seus direitos e sobre a legislação vigente, encaminhando-as para outros serviços quando necessário. 

A Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Ligue 180) é um serviço de utilidade pública, gratuito e confidencial (preserva o anonimato), oferecido pela Secretaria Nacional de Políticas, desde 2005. Funciona 24 horas, todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados, e pode ser acionada de qualquer lugar do Brasil e de mais 16 países (confira os números internacionais através do site do Ligue 180).

Desde março de 2014, o Ligue 180 atua como disque-denúncia, com capacidade de envio de denúncias para a Segurança Pública com cópia para o Ministério Público de cada estado. Ele é a porta principal de acesso aos serviços que integram a Rede nacional de enfrentamento à violência contra a mulher, sob amparo da Lei Maria da Penha, e base de dados privilegiada para a formulação das políticas do governo federal nessa área. 

Conheça mais sobre o serviço através do site do Ligue 180.

Apoio para Jovens e Adolescentes

 

Casa do Adolescente é um espaço voltado à saúde pública de jovens entre 10 e 20 anos.

Oferece atendimento, canal de dúvidas, bate-papos e terapias em grupo.


 

DISQUE ADOLESCENTE (11) 3819-2022

TIRE SUAS DÚVIDAS SOBRE SEXO SEGURO, ANTICONCEPCIONAIS, RELACIONAMENTOS

AFETIVOS, ENTRE OUTROS ASSUNTOS, COM PROFISSIONAIS QUALIFICADOS.

As unidades oferecem atendimento multidisciplinar, por meio de médicos, dentistas, fonoaudiólogos, assistentes sociais, enfermeiros, psiquiatras, psicólogos e professores. Há também realizações de oficinas, bate-papos e terapias em grupo, para que os jovens exponham seus sentimentos, recebendo orientação especializada.

Infelizmente, o serviço presencial está disponível apenas em alguns municípios do estado de São Paulo. Para os demais atendimentos, é possível contatar os profissionais através do Disque Adolescente (11) 3819-2022, onde serão atendidos por uma equipe formada por médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais prestam orientações de segundas às sextas-feiras, das 11h às 14h.

 

Mais informações podem ser acessadas através do site sobre a Casa do Adolescente.

 

Abuso, Exploração e Discriminação

Se você ou alguém que você conhece está sofrendo algum tipo de discriminação, abuso ou exploração, não hesite.
 

DISQUE 100
A SUA DENÚNCIA PRECISA SER OUVIDA.


Além do telefone, sua denúncia também pode ser feita através do Aplicativo Direitos Humanos Brasil, Site, Telegram e E-mail
 

Para mais informações, acesse o site do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.
 

O Disque Direitos Humanos - Disque 100 é um serviço disseminação de informações sobre direitos de grupos vulneráveis e de denúncias de violações de direitos humanos

Qualquer pessoa pode fazer uma denúncia pelo serviço, que funciona diariamente, durante 24h, incluindo sábados, domingos e feriados. Em todas as plataformas, as denúncias são gratuitas, anônimas e recebem um número de protocolo para que o denunciante possa acompanhar o andamento.

O serviço pode ser considerado como “pronto socorro” dos direitos humanos pois atende também graves situações de violações.

O Disque 100 recebe, analisa e encaminha denúncias de violações de direitos humanos relacionadas à:

  • Crianças e adolescentes;

  • Pessoas idosas;

  • Pessoas com deficiência;

  • Pessoas em restrição de liberdade;

  • População LGBT;

  • População em situação de rua;

  • Discriminação ética ou racial;

  • Tráfico de pessoas;

  • Trabalho escravo;

  • Terra e conflitos agrários;

  • Moradia e conflitos urbanos;

  • Violência contra ciganos, quilombolas, indígenas e outras comunidades tradicionais;

  • Violência policial (inclusive das forças de segurança pública no âmbito da intervenção federal no estado do Rio de Janeiro);

  • Violência contra comunicadores e jornalistas;

  • Violência contra migrantes e refugiados.

 

Valorização à Vida

800 mil pessoas cometem suicídio por ano no mundo.

A cada hora, quatro pessoas tentam se suicidar e uma delas consegue atingir este fim.

No Brasil, o suicídio é um problema de saúde pública, sendo a segunda principal causa de morte entre
adolescentes.
 

DISQUE 188
VOCÊ NÃO ESTÁ SÓ!

 

Isto pode ser evitado na maioria das vezes.
Esse é o maior objetivo do Centro de Valorização da Vida, o CVV.

Se você está passando por isso ou conhece alguém que precisa de apoio entre em contato com o CVV, disque 188.
Ou acesse o site do CVV.

 

O atendimento é sigiloso, gratuito e funciona 24h.
 

@2020 criado por Grupo Teatral Porão - Todos os direitos são reservados.